OS LADRÕES E O GALO

Alguns ladrões invadiram uma casa e não encontraram nada que valesse apena roubar a não ser um galo, eles o prenderam e o levaram. Quando estavam preparando seu jantar, um deles pegou o galo e estava prestes a torcer-lhe o pescoço, quando o galo gritou por misericórdia:

- "Por favor, não me mate, sou um pássaro muito útil, pois eu acordo homens honestos para trabalhar com o meu canto."

Mas o ladrão respondeu com entusiasmo:

- "Sim, eu sei que sim, tornando ainda mais difícil para nós conseguirmos sustento. Para o caldeirão você vai!"

Moral da história: Os desonestos odeiam quem pratica a honestidade.

Plano de assinatura do Kindle