OS DOIS SOLDADOS E O LADRÃO

Dois soldados que viajavam juntos foram atacados por um ladrão. Um deles fugiu, mas o outro ficou de pé, se pôs diante dele tão corajosamente com sua espada que o ladrão decidiu fugir e deixá-lo em paz.

Quando a costa estava livre, o soldado que fugiu apareceu de volta, mostrando sua arma, gritou com uma voz ameaçadora:

- "Onde ele está? Deixa-me chegar até ele, em breve lhe direi com quem ele tem que lidar."

Mas o outro respondeu:

- "Você está um pouco atrasado, meu amigo. Só queria que tivesse me apoiado agora, mesmo que não tivesse feito nada mais do que falar, pois eu seria encorajado, acreditando que as tuas palavras eram verdadeiras. Mas agora que se acalmou e levantou a tua espada, não tem mais utilidade para ela. Pode iludir os outros a pensar que é tão corajoso como um leão, mas eu sei que ao primeiro sinal de perigo, foge como uma lebre."

Moral da história: A coragem é provada pela atitude, não por palavras.

Plano de assinatura do Kindle