OS DOIS SAPOS

Dois sapos eram vizinhos. Um vivia num pântano, onde havia muita água que os sapos adoram, o outro vivia numa estrada não muito longe dali, onde toda a água a ser tomada era aquela que ficava nas rochas depois da chuva.

O sapo do pântano chamou seu amigo e o pressionou a vir morar com ele no pântano, pois ali ele teria seus aposentos muito mais confortáveis e o mais importante, mais seguros. Mas o outro sapo recusou, dizendo:

- "Não posso mudar de lugar, me acostumei a viver aqui."

Alguns dias depois, um pesado vagão desceu a estrada, o sapo foi esmagado até a morte pelas rodas.

Moral da história: Não perca uma oportunidade apenas para evitar a mudança.

Plano de assinatura do Kindle