O VEADO COM UM OLHO

Um veado, cego de um olho, pastava perto da costa do mar e mantinha o seu bom olho voltado para terra, para poder perceber a aproximação dos cachorros de caça, enquanto o seu olho cego se voltava para o mar, nunca suspeitando que qualquer perigo viria daquelas águas.

Enquanto bebia, alguns marinheiros, costeando ao longo da costa, viram-no e dispararam uma flecha contra ele, pela qual ele foi mortalmente ferido. Quando ele estava morrendo, disse para si mesmo:

- "Como sou tolo! Eu me questionei sobre os perigos da terra, de onde ninguém me atacou, não temi nenhum perigo do mar, mas dali veio a minha ruína."

Moral da história: O infortúnio muitas vezes nos ataca de um lugar inesperado.

Plano de assinatura do Kindle