O FAZENDEIRO E A CEGONHA

Um fazendeiro montou algumas armadilhas em um campo que ele havia semeado ultimamente com milho, a fim de pegar os grous que vinham para comer as sementes. Quando voltou para olhar suas armadilhas, encontrou vários grous capturados, entre eles uma cegonha, que implorou para ser solta, disse ela:

- "Você não deve me matar, eu não sou um grou, mas uma cegonha, você pode me reconhecer facilmente pelas minhas penas, eu sou o mais honesto e inofensivo dos pássaros."

Mas o fazendeiro respondeu:

- "Não importa para mim o que você é, te encontrei entre estes grous, que arruínam as minhas colheitas, então como eles, sofrerás."

Moral da história: Se você estiver entre má companhia, ninguém vai acreditar que você é bom.

Plano de assinatura do Kindle