O DEVEDOR E SUA PORCA

Um homem de Atenas ficou endividado e foi pressionado pelo seu credor, mas ele não tinha como pagá-lo na época, então ele implorou por mais tempo, porém o credor recusou e disse que deveria pagá-lo imediatamente.

Então o devedor pegou a sua única porca e a levou no mercado para vendê-la e ocorreu que o credor dele também estava lá. Logo que um comprador apareceu, perguntou se a porca produzia boas ninhadas, disse o vendedor:

- "Sim, muito boas e o mais notável é que ela produz fêmeas no Mysteries e machos no Panathenea."

(São festivais em que os atenienses sacrificam uma porca em um e um porco no outro, enquanto na Dionysia sacrificam um cabrito).

O credor que estava de pé ouvindo isso, disse:

- "Não fique surpreso senhor, melhor ainda é que na Dionysia ela produz cabritos."

Moral da história: Em uma situação de urgência algumas pessoas se tornam desonestas.

Plano de assinatura do Kindle