O CISNE

Dizem que o cisne canta, uma vez em sua vida, quando sabe que está prestes a morrer. Um certo homem, que tinha ouvido falar do canto do cisne, viu uma destas aves à venda no mercado, comprou-a e levou-a para casa com ele.

Alguns dias depois, ele teve alguns amigos para jantar, pegou o cisne e o fez cantar para seu entretenimento, mas o cisne permaneceu em silêncio. Com o passar do tempo, quando estava envelhecendo, ele tomou consciência de seu fim e cantou uma canção doce e triste.

Quando seu dono a ouviu, ele disse com raiva:

- "Se a criatura só canta quando está prestes a morrer, fui tolo naquele dia, como eu queria ouvir sua canção, deveria ter torcido seu pescoço ao invés de meramente convidá-la a cantar."

Moral da história: Tem coisas que dependem da vontade do outro.

Plano de assinatura do Kindle