AS LEBRES E OS SAPOS

As lebres se reuniram e lamentaram a sua infelicidade da sua sorte, pois estavam expostas a diversos perigos e não tinham a força e coragem para se manterem. Homens, cachorros e aves de rapina eram todos os seus inimigos, eles os matavam e os devoravam todos os dias.

As lebres estavam exaustas com essas perseguições, então decidiram acabar com a suas tristes vidas. Decididos e desesperados, foram até a lagoa mais próxima com a intenção de se afogar. Na margem da lagoa, tinha vários sapos, quando os sapos ouviram as lebres se aproximando, pularam na água e se esconderam nas profundezas. Então uma das lebres mais velha e mais sábia que as outras gritou aos seus companheiros:

- "Parem meus amigos, fiquem felizes, não vamos nos matar. Vejam estás criaturas, elas têm medo de nós, portanto, devem ser mais fracas que a gente."

Moral da história: Em algum lugar, alguém está em uma situação pior que a sua.

Plano de assinatura do Kindle