A RAPOSA E A GRALHA-PRETA

Uma gralha-preta estava sentado num ramo de uma árvore com um pedaço de queijo no bico. Uma raposa viu o queijo que a gralha-preta estava segurando e pensou em uma forma de pegá-lo. A raposa ficou perto da árvore onde estava a gralha-preta, olhou para cima e disse:

- "Que pássaro magnifico estou vendo, nunca vi tanta beleza e perfeição, se a sua voz for tão doce quanto a sua plumagem, com certeza esse é o rei dos pássaros."

A gralha-preta escutando isso, ficou extremamente lisonjeado, para mostrar a raposa que ela podia cantar muito bem, soltou um grasnado, com isso o queijo que estava em seu bico caiu e a raposa conseguiu pegar. A raposa disse:

- "Percebi que a senhora tem voz, só falta inteligência."

Moral da história: Cuidado com as bajulações, os elogios podem ter segundas intenções.

Plano de assinatura do Kindle