A MULHER IDOSA E A GARRAFA DE VINHO

Uma mulher idosa apanhou uma garrafa de vinho vazio que antes continha um vinho raro e caro, que ainda conservava alguns traços do seu sabor requintado. Ela levantou-o até ao nariz e farejou-o uma e outra vez. Gritou ela:

"Ah, quão delicioso deve ter sido o líquido que deixou um cheiro tão arrebatador."

Moral da história: Pelas lembranças se adivinha o passado.

Plano de assinatura do Kindle